Ana Beatriz

Quem é e porque faz o que ama?
ana-beatriz
Ana Beatriz

Ana Beatriz

Ana Beatriz já era hoteleira antes de nascer.

A paixão já estava impressa no seu ADN, dado que a sua mãe foi directora geral de vários hotéis. Ana Beatriz nasceu num hotel e agora faz nascer hotéis.

Aos 11 anos afirma com toda a sua convicção que quer ser Directora de Hotel e, como a vida atende os nossos pedidos, aos 16 entrava para a Escola de Hotelaria e Turismo de Lisboa. Começou por tirar o Curso Profissional de Restaurante e Bar, com duração de três anos, que conclui com alta distinção, sendo convidada para um concurso internacional em Madrid que reuniu os melhores alunos da Europa. Desde aí nunca mais parou.

outdoor-ana-beatriz

Percurso profissional

Nem sempre foi tranquilo e superou vários desafios para concretizar o seu sonho, porém, a garra e determinação que lhe são características foram a sua força para seguir em frente, mesmo quando o mais fácil seria desistir. Para a Ana Beatriz, não havia nada melhor do que provar a si mesma e ao mundo que os sonhos realizam-se graças à paixão e à energia que neles colocamos e, claro, aquilo que fazemos para os atingir.

ana-beatriz-hotelaria-2

Entre impedimentos logísticos de Universidades, acabou por escolher a Internacional para fazer o Curso de Gestão Hoteleira. No final do primeiro ano, mudou para a Lusófona em regime pós-laboral, porque durante o dia estava na operação hoteleira do Hotel Lisboa Plaza, onde fez questão de aprender ao máximo em cada departamento pelo qual passou: comidas e bebidas, recepção, alojamentos e assistente da direcção geral. Esteve também nos outros hotéis do grupo: As Janelas Verdes e o Hotel Britania. Concluiu o curso com grande sucesso e fez a licenciatura em Planeamento e Desenvolvimento do Turismo.

Em 2001 foi desafiada pela administração para abrir o Solar do Castelo, uma unidade hoteleira de puro charme no Castelo de S. Jorge, um convite que aceitou de imediato. A menina de 11 anos era agora uma mulher de sucesso no mundo hoteleiro e isso dava-lhe uma imensa satisfação face a todos os sacrifícios feitos em prol de um sonho que era agora real.

Depois de quatro anos, estava na altura de outros desafios: começa por abrir o conceituado hotel Heritage Av. Liberdade e, nesse mesmo ano, é mãe pela primeira vez: “o maior desafio da sua vida” como costuma dizer. A vida e os seus novos desafios exigem uma alteração de ritmo e nos dois anos seguintes esteve a dirigir duas unidades de Enoturismo: Quinta de Catralvos e Monte da Charca. Sempre em evolução, sempre em busca de conhecimento, conclui o Curso de Graduação em Direcção Hoteleira na Escola de Hotelaria e Turismo de Lisboa – a mesma onde tudo tinha começado com apenas 16 anos de idade.

Em 2009, volta ao grupo Heritage e assume as funções oficiais de Directora de Hotel do Heritage Av. Liberdade. Agora sim, estava tudo perfeito… Mas, para esta empreendedora inata, a viagem tinha de continuar, não fosse o seu lema “a formação e a vocação são as chaves do sucesso”. Isto é tão verdade que decide fazer um curso de especialização “Financial & Hospitality Management” na Universidade de Cornell em Itaka, nos Estados Unidos da América. Logo a seguir é convidada pelo Turismo de Portugal para ser a “cara da promoção das Escolas de Hotelaria e Turismo de Portugal”, chegando assim o reconhecimento público. Mais do que isso, esta era a oportunidade para inspirar os jovens com o seu exemplo de carreira de sucesso.

Começa a dar aulas nesse ano por considerar que é mesmo a melhor e a única forma de criar uma nova geração de profissionais altamente competentes e apaixonados pelo Turismo.

Os próximos anos são de mudanças e transformações. Para além de ser mãe pela segunda vez, recebe um convite muito especial, que na verdade é uma missão: o grande patriarca da família, o seu avô Virgílio, desafia-a para administrar o património familiar na área de Construção e Gestão de Empreendimentos Turísticos, que dá origem à Refúgios de Portugal, dedicando-se assim a 100% à dinamização turística de unidades hoteleiras como: a Casa Fonte Sol, na Serra da Arrábida; a Casa de Mendiz, no Douro; e o Monte da Charca, em Pegões.

Em 2013 é convidada para fazer parte da ADHP – Associação dos Directores de Hotel de Portugal e organiza, em tempo record, o Congresso Nacional, um grande desafio que foi um verdadeiro sucesso.

O ano de 2014 traz-lhe mais desafios com o projecto de um Eco Resort na Comporta, do Miguel Câncio Martins, que vai dinamizar a região em termos de oferta hoteleira e que está prestes a abrir portas. Os grandes desafios não ficam por aqui! Este também foi o ano para tomar decisões complicadas, mas necessárias para criar espaço para novos projectos, nomeadamente a criação de uma marca de consultadoria de projectos hoteleiros, movida por um grande sonho: ajudar investidores a recuperar o que existe, a resgatar a alma e o sentido, a história e as raízes, permitindo assim que outros possam usufruir do melhor de cada local, através do conceito de hospitalidade que conhece, faz e cria.

A materialização desta nova vida começa em 2015 com o propósito claro de unir muitos em prol de um bem comum: Hotelaria Nacional Premium. Começa por fazer projectos hoteleiros 360º para investidores que apostam em recuperar dois imóveis centenários e dar-lhes uma nova história.

A resposta ao aumento de novas unidades/Hotelaria e Similares, é apostar na consultadoria profissional de alta qualidade para novos projectos, baseada em “one-to-one”. Isto permite uma maior flexibilidade e uma personalização “work with me”, ao mesmo tempo que alia a leveza e mobilidade de estrutura e torna os processos mais simples, mais eficazes.

Em breve vai revolucionar a hotelaria nacional com conceitos inovadores que aliam história e futuro e que acontecem aqui e agora, no presente! O agora chegou e chama-se AB&C Hospitality.